Blog

Banho de Luz para Tratamento da Icterícia

A Icterícia é um dos motivos mais frequentes de hospitalização prolongada em recém-nascido a termo de readmissão nas primeiras duas semanas de vida . O que provoca a Icterícia é o aumento, no sangue, de uma substancia chama Bilirrubina. Ocorre nos recém-nascidos (RN), principalmente, devido a incompatibilidade do sangue da mãe com o RN (exemplo: mãe grupo sanguíneo O, recém-nascido A, B ou AB). Por isso a fototerapia (banho de luz) é recomendada. 

Banho de luz no bebê

O tratamento mais utilizado para a Icterícia é a Fototerapia. A luz dos aparelhos de fototerapia provoca alteração nas moléculas da Bilirrubina, permitindo que as mesmas sejam eliminadas mais rapidamente. Conseqüentemente diminuindo sua concentração no sangue e assim a Icterícia.Normalmente quando as crianças necessitam da fototerapia, há um grande transtorno para a família. Pois quem tinha planejado ir para casa “curtir” seu neném é obrigado a permanecer no hospital submetendo-se ao stress de uma internação prolongada, além do risco de contrair infecção hospitalar.Em primeiro lugar devemos lembrar que a mãe, em boa parte dos casos, passou por um procedimento cirúrgico, o que aumenta ainda mais o risco desta infecção (veja – Sepse, umas das prioridades da saúde (em especial os cuidados com as mães e os recém-nascidos). Os recém-nascidos tem a imunidade menos eficiente que as crianças maiores, aumentando assim para o risco de infecção. Uma alternativa eficaz para evitar este transtorno, é a internação domiciliar para o banho de luz em casa.

A internação Domiciliar é segura?

A internação domiciliar para fototerapia é segura e tem assim benefícios socioeconômicos. Graber, já em 1986, estudou 260 recém-nascidos a termo com Icterícia. Os mesmos permaneceram banho de luz domiciliar, sem complicações, com satisfação dos pais em 100%. Em 2000, Jackson relatou custos menores com a fototerapia domiciliar.Dessa forma, o tratamento da Icterícia neonatal em casa evita altos custos e permanência hospitalar prolongada, gera benefícios para a família e principalmente para o recém-nascido.Um fator importante que pode facilitar a internação domiciliar é que atualmente vários convênios já fazem a cobertura para esse tipo de procedimento.As mães que vão para casa mais rápido, quando bem orientadas, tendem a amamentar com maior frequência. Um fator importante para o desmame é o stress materno. O que ocorre menos quando mãe e filho estão no aconchego do seu lar. 

Banho de luz em bebê quanto tempo dura?

O tratamento de banho de luz em bebê pode durar até 7 dias no hospital dependendo da necessidade. Em casa esse tempo pode ser menor, cerca de 2 dias. Um dos benefícios do banho de luz domiciliar é o conforto de estar em casa e tanto quanto para mãe não precisar se separar do bebê. (Veja tabela abaixo dos benefícios da fototerapia domiciliar). Banho de luz em bebê 

Icterícia quanto tempo de banho de sol?

O banho de sol é eficaz para recém-nascidos que estão com o nível de icterícia baixo. Podendo ser recomendado também para recém-nascidos que estão em tratamento de banho de luz (icterícia). O período para exposição ao sol é de pelo menos 15 minutos diário, na parte da manhã no máximo até as 10:00 horas e após as 16:00 horas. Portanto lembramos que a exposição solar fora do horário recomendado pode ser prejudicial para o bebê. Banho de sol bebê

Compartilhe este post