Blog

SEXO NA GRAVIDEZ – Mantenha-se ativa nesse período

O sexo na gravidez ainda traz muitas dúvidas para homens e mulheres. Além do desconforto com a barriga existe o medo de machucar o bebê ou a mãe. O que muitos não sabem é que as relações sexuais podem e devem ser mantidas normalmente, desde que a grávida não corra risco de aborto ou descolamento da placenta.Para facilitar a atividade sexual existem algumas posições que tornam o ato mais confortável e prazeroso. É importante usar a criatividade do casal nesse momento a fim de manter o contato íntimo, favorecendo o bem estar da mãe e do bebê. 

O sexo na gravidez em cada fase

Em cada fase da gravidez ocorrem mudanças no corpo e no organismo da mulher, com isso é importante saber o que pode ocorrer em cada período.1° TrimestreNo começo da gravidez a mulher pode ter relação e todas as posições sexuais podem ser realizadas desde que a mulher se sinta confortável, pois a barriga ainda é pequena. No entanto, nesse período pode ocorrer a diminuição da libido devido às mudanças hormonais.2° TrimestreNesse período é comum a libido da mulher voltar ao normal e os incômodos (enjoos e náuseas) tendem a diminuir. Além disso, já existe uma aceitação com as mudanças no corpo e os seios já estão maiores, o que pode aumentar o desejo do parceiro. Ainda é possível ter a liberdade de adotar diferentes posições, pois a barriga ainda não é muito grande.3° TrimestreNo último trimestre de gravidez surge o questionamento de até quantos meses de gestação é possível ter relação. A resposta é simples, se tudo estiver bem com a mãe e o bebê as relações sexuais podem ser mantidas até o final da gestação.No entanto, nessa fase o casal pode encontrar algumas dificuldades devido ao tamanho da barriga e, com isso, é importante experimentar diferentes posições em busca de conforto ao casal. Além disso, existe ainda a preocupação de machucar o bebê e o medo de um parto prematuro.É importante ressaltar que o sexo não machuca o bebê e nem o incomoda. Ao contrário, o sexo durante a gravidez é benéfico para a mãe e para o bebê. A atividade sexual só é contraindicada pelo médico em situações de risco, portanto aproveite a gravidez e não tenha medo de conversar abertamente com seu parceiro sobre o assunto. 

Posições para o sexo na gravidez

Para saber quais posições podem ser feitas no sexo na gravidez é preciso experimentar algumas e descobrir quais melhor se adaptam aos dois. Quanto mais a barriga vai crescendo mais é preciso que o casal tenha criatividade para esquentar o clima. Os pais, geralmente têm medo de fazer sexo na gravidez e “machucarem” o bebê. Eles precisam estar cientes que não há problema algum se estiver correndo tudo bem com a gravidez. Veja abaixo algumas sugestões de como ter relação na gravidez:

  • Papai e mamãe – Essa posição é indicada quando a barriga ainda está pequena, pois como o homem fica por cima da mulher é realizada uma pressão sobre a barriga que pode ser desconfortável.
  • Conchinha – Ambos ficam deitados de lado e assim não há peso ou pressão sobre a barriga. No entanto, essa posição permite apenas uma penetração superficial.
  • Cachorrinho – A mulher deve ficar de quatro em cima da cama e a penetração vaginal vem por trás tendo a intensidade controlada pelo homem. Nessa posição o esforço físico fica por conta do parceiro e a barriga não fica no caminho.
  • Mulher por cima – Nessa posição o homem fica deitado na cama e a mulher por cima dele. A barriga não atrapalha e é possível controlar a profundidade e intensidade da penetração. Além disso, pode ser feita até o final da gravidez.
  • Sentada – A mulher senta-se no colo do seu parceiro deixando a barriga livre, sem pressão. Uma leve inclinação do corpo para trás pode favorecer a penetração. Pode ser realizada no final do 2° trimestre e início do 3° trimestre da gravidez.

 

Informações importantes

  • A mulher grávida pode transar durante os nove meses de sua gestação desde que não haja nenhuma complicação na gravidez.
  • A penetração não machuca o bebê, pois ele está muito bem protegido dentro do útero.
  • O sexo durante uma gravidez normal (sem complicações) não tem relação com abortos ou partos prematuros.
  • Caso o casal não se sinta confortável com a penetração, existem alternativas para levar prazer a ambos. Masturbação mútua, sexo oral, sexo anal, jogos eróticos são estímulos que podem ser praticados.
  • Diálogo e atenção são essenciais durante esse período de adaptação e mudanças. É importante que se mantenha a cumplicidade entre o casal.

 

Sexo após o parto

Inicialmente é importante aguardar a recuperação física da mulher e esperar que ela se sinta confortável.Após essa fase de recuperação o médico deve autorizar a retomada da prática sexual regular. No entanto, esse período é de adaptação ao novo corpo e pode haver certa insegurança e estresse. Além disso, existem as mudanças na rotina em geral devido ao nascimento do bebê e é necessário um tempo para que tudo se estabilize e volte ao normal.O ideal, acima de tudo, é que haja diálogo entre o casal a fim de manter um relacionamento saudável. 

BAIXE AGORA:[Ebook] COMO SE PREPARAR PARA A CHEGADA DO BEBÊ?+ [Check-list] ENXOVAL+ [Check-list] MALA DE MATERNIDADE

 Download Ebook: Como Se Preparar para a Chegada do BebêVocê também pode gostar de:Gravidez: cinco coisas que você precisa saber.

Compartilhe este post

Post Relacionados

Testes caseiros para descobrir o sexo do bebê

Testes Caseiros: após a descoberta da gravidez, saber o sexo do bebê torna-se a maior curiosidade dos...

VAIDADE NA GRAVIDEZ: Mantenha sua autoestima lá em cima

Vaidade na gravidez: durante a gravidez o corpo da mulher passa por diversas mudanças, afim de se...

GRAVIDEZ: Cinco coisas que você precisa saber

Ser mãe é o sonho da maioria das mulheres, no entanto são muitas as dúvidas que permeiam...